QUANDO UBUNTU FUNCIONA

10685386_793734944033778_1459684205627421776_n rafaelbragavieira-preso-protestos-rio-terra-1-600x449

O Movimento conseguiu se unificar em conjunto com outros setores da sociedade e obteve uma vitória neste caso de abuso do poder policial misturado com o racismo institucional, mas ainda pergunto, porque não aconteceu igual com o morador de rua Rafael Braga, preso no RJ nas manifestações de julho de 2013?

A vitória no caso de Miriam nos mostra que devemos nos unificar mais e buscarmos libertar nossas negras e negros presos, muitas vezes pelo racismo institucional que já os condena, sem escutá-los, sem querer saber se são ou não inocentes. Neste caso, Mirim uma Estudante de Doutorado da UFRJ, sofreu arbitrariedades, desde a proibição do telefonema para advogado que toda pessoa presa tem direito e da cela especial no qual lhe foi negada, o que também na sua condição de pessoa com terceiro grau completo teria direito, vemos muitos políticos e colarinhos brancos desfrutando deste tipo de cela sem terem sequer entrado em uma universidade.

A mobilização do Movimento negro e outras pessoas que se sensibilizaram com a prisão arbitrária, sim! porque estava nítido que era arbitrária, ajudou em muito no parecer do juiz José Arnaldo dos Santos Soares, serviu também para que o MP CE, repensasse seu papel importante nestes casos de injustiças no judiciário e infrações cometidas pela polícia no Estado, porém isto é Nacional, esta deficiência, este racismo, estas ações da polícia tem exterminado a população negra, antes mesmo de as mandarem para uma prisão arbitrária, simplesmente exterminam, como soltando uma raiva interna daquilo que não sabem explicar, mas que comicha os dedos no gatilho e os faz se sentirem deuses patriotas, defensores de um Estado Falido no quesito segurança pública, já que a mesma foi criada para conter aquilo que o Estado nunca conseguiu priorizar desde a abolição, que era dar suporte para os milhões de negras e negros africanos e afrobrasileiros por conta também do racismo e da ganância da aristocracia ladra de terras, direitos e vida em nome do poder de ter e obter o que não era de seu direito.

Enfim, Miriam está solta respondendo a um processo no Ceará. Rafael Braga está preso em Bangu, nosso movimento, movimentou, mas acho que faltou mais movimento, quem sabe um advogado que entenda e fale nossa lingua, sim, porque é preciso saber o que sofremos diariamente que já vem no ventre, para poder traduzir tudo aquilo que não conseguem entender como nossa cultura, ou uma cultura ofertada para nós, a da pobreza e do racismo.Acho que pensam que assim o mesmo tem uma casa prá morar e outros irmãos alguns merecedores da carceragem outros não como ele e que esperam justiça durante anos e perdem sua vitalidade em nome da moral e dos bons costumes…opa! em nome da limpeza étnica, mas aqui é Brasil, Não temos racismo! somos todxs mestiços, mas tem quem não aceite isto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s